AS FUNÇÕES DOS SAIS MINERAIS

Sais minerais – o que são e quais as suas funções?

Embora os sais minerais constituam uma parte relativamente pequena do corpo humano, cerca de 6,2% do peso corporal, têm funções fundamentais na constituição de alguns tecidos, ou fatores essenciais para algumas das funções biológicas e também para o crescimento.

Os minerais são substâncias requeridas pelo corpo em pequenas quantidades para desempenhar muitas funções vitais.

Estes incluem por exemplo a formação de ossos e dentes, bem como participam da composição dos fluidos e tecidos corporais e também na função dos sistemas enzimáticos e da função nervosa. Alguns minerais são necessários em quantidades maiores que outras, como por exemplo o cálcio, fósforo, magnésio, sódio, potássio, e cloreto. Outros em pequenas quantidades, como, ferro, zinco, iodo, flúor, selênio e cobre. Os minerais são absorvidos de forma mais eficaz pelo corpo, se fornecidos através dos alimentos, do que através de suplementos.

Ferro: propriedades e alimentos que o contêm

O ferro desempenha um papel crucial na manutenção da saúde, uma vez que a sua falta para o organismo está ligada ao mau funcionamento de vários mecanismos biológicos, como a distúrbios no crescimento da criança e durante o seu desenvolvimento. O corpo usa ferro para produzir hemoglobina, uma proteína encontrada nos glóbulos vermelhos que transporta oxigénio dos pulmões para todo o corpo e, uma proteína chamada de mioglobina, que fornece oxigénio aos músculos. Considerando as perdas fisiológicas através da pele, intestinos, trato urinário, vias aéreas e menstruação nas mulheres, a nutrição tem um desempenho crucial na manutenção e equilíbrio do ferro, que pode ser encontrado numa grande variedade de alimentos, cuja absorção é facilitada pela presença de ácido ascórbico (Vitamina C).

Zinco: propriedades e alimentos ricos

A deficiência de zinco parece ser um grande problema em todo o mundo, afetando cerca de 40% da população. Crianças, adolescentes e jovens, correm sérios riscos de deficiência de zinco. O zinco encontra-se em todas as células do corpo e ajuda o sistema imunitário a combater vírus e bactérias. Durante a gravidez e a infância, o corpo precisa de zinco para crescer e desenvolver-se adequadamente. O zinco também ajuda na cicatrização de feridas e é importante para o bom funcionamento dos sentidos, sabor e cheiro e, saúde da próstata. Uma nutrição equilibrada em zinco, é importante para a função cerebral ideal e, pode prevenir o declínio cognitivo, como avanço da idade.

Cálcio: os alimentos que o contêm, suas propriedades e benefícios

O cálcio é o mineral mais abundante do corpo e é essencial para uma série de funções vitais, como o desenvolvimento e manutenção da saúde dos ossos e dentes, juntamente com a vitamina D e, muitos outros nutrientes como a vitamina K. O cálcio também desempenha um papel essencial na sinalização intracelular para permitir a regulação dos processos metabólicos, a transmissão e informação do sistema nervoso, controle da contração muscular (incluindo a do coração e, coagulação sanguínea).

Iodo: os alimentos que o contêm, suas funções para a tiroide e para o metabolismo

O iodo é um mineral encontrado em alguns alimentos, mas é sempre útil utilizar sal iodado, ou algas marinhas, ou peixe do mar para evitar a sua escassez. O organismo precisa de iodo para formar hormonas tireoidianas, que controlam o metabolismo e muitas outras funções importantes, como a manutenção óssea e o desenvolvimento cerebral durante a gravidez e a infância. O iodo é importante para todos, mas é absolutamente indispensável para recém-nascidos e mulheres grávidas.

 

⌈ Juvenal Silva, Naturopata
Cédula Profissional 0300193 – ACSS ⌋