Ampolas

R17 Forte – Dr. Reckeweg

58.10

R17 Forte ampolas Dr. Reckeweg, baseia-se nas utilizações tradicionais de cada um dos componentes homeopáticos. Entre elas incluem-se: tratamentos biológicos das formações neoplásicas, tumores, quistos, miomas e nódulos. Preparado segundo as normas da Farmacopeia Homeopática Alemã.

 

24 ampolas bebíveis de 10mll.

Compare
REF: 5605481701344 Categorias: , Etiqueta:

Descrição

R17 Forte ampolas Dr. Reckeweg, baseiam-se nas utilizações tradicionais de cada um dos componentes homeopáticos. Entre elas incluem-se: tratamentos biológicos das formações neoplásicas, tumores, quistos e nódulos.

Indicações de cada componente do complexo homeopático:
Acidum lacticum – desânimo e astenia; aversão ao trabalho e à leitura; dislexia/dismnésia; sensível ao barulho, não apetece falar (prefere o silêncio); perturbações do metabolismo celular; auxilia a eliminação de radicais ácidos, favorece a subida do pH orgânico: melhoria do terreno inflamatório e/ou degenerativo.

Germanium oxidatum – auxiliar da inibição da formação de células neoplásicas.

Naja tripudians – astenia geral; estimulante da regeneração dos tecidos neoplásicos; precordialgia irradiando ao ombro e braço esquerdo.

Natrium selenosum – astenia, emagrecimento; regulador da formação celular; acção antioxidante.

Scrophularia nodosa – regeneradora celular; nódulos mamários (indolores ou não) benignos ou não; neoplasias em especial recto-sigmoideias; úlceras duvidosas; adenopatias crónicas.

Indicações Terapêuticas
  • Tratamentos biológicos das formações neoplásicas
  • Tumores
  • Quistos
  • Miomas
  • Nódulos

 

Composição

Acidum lacticum; Acidum lacticum; Naja tripudians; Natrium selenosum; Scrophularia nodosa; Sacharum tostun; Aqua purificata.

 

Apresentação

Caixa de 24 ampolas bebíveis de 10ml.

 

Modo de usar/tomar

Salvo outra indicação, a dose para adultos é de uma ampola, duas vezes por dia, simples ou diluída num pouco de água.

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “R17 Forte – Dr. Reckeweg”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *