A biologia agrupa um conjunto de ciências como a fisiologia, morfologia, microbiologia, histologia, patologia, medicina antropológica, higiene, entre outras e, centra-se no estudo dos seres vivos. A biologia clássica está vocacionada para o estudo laboratorial das células vivas da matéria microbiana, análise de urinas, fezes e expetoração.

Outras variantes experimentais são utilizadas no ensaio de medicamentos, na pesquisa de princípios ativos da química orgânica e até no desenvolvimento reprodutivo.

Sendo a biologia o estudo da vida, agrega um conjunto de estudos específicos em que se incluem a produção de vacinas, medicamentos e processamentos de síntese.

Em Naturopatia, considera-se que a Biologia é para além de todas as filosofias, a Ciência do Ser Vivo e das suas condições existenciais, “as condições do meio específico”, criadoras originais do Ser Vivo, responsáveis pela perpetuidade. Diferencia-se da Biologia Clássica que se encerra em laboratório, porque a procura fundamenta-se na observação da natureza e dos segredos da vida, onde tudo se desenvolve e organiza livre e naturalmente, tanto no reino animal como vegetal. Nesta perspetiva, os estudos biológicos, fundamentam-se na saúde humana, na saúde natural, que compreende a verdadeira essência da vida, como sejam as formas corporais corretas, o sistema imunitário, a força e aptidões físicas, a longevidade com qualidade e sem doenças, a inteligência espontânea e natural, os valores humanos baseados no bem e na solidariedade social.

O pensamento holístico que envolve a filosofia Naturopática, transporta-nos a encarar a SAÚDE NATURAL DO SER HUMANO, pela integralidade no seu meio específico e em obediência à sua própria natureza, tanto na sua preservação como conservação e, restauração em casos de enfraquecimento ou doença.

Procedimentos e pensamentos opostos à biologia química que procura a descoberta de forma fragmentada de proteger a saúde, não considerando as fontes vitais.

 

O problema da doença

A doença está associada a uma multiplicidade de fatores em que se destacam a poluição ambiental provocada pelo homem, como também a poluição mental, fatores de degeneração, fraqueza, desvitalização e desregulação homeostática. Uma alimentação desapropriada e os maus hábitos da vida moderna, conduzem a uma vida desnaturada, contrária á essência do Ser e da vitalidade, numa agressão permanente em que os processos químicos assumem cada vez mais um papel destruidor da saúde humana. Aqui residem as verdadeiras causas do entupimento humoral, ou seja, a contaminação do sangue, linfa e fluidos celulares, provocando sérias dificuldades de eliminação de resíduos tóxicos.

A Lei Naturopática nº 4, considera a doença como provocada pelo  “stress” do meio anti-biológico (falsos alimentos, falta de ar puro  e limpo, de exercício racional, de sol e tensão psiconervosa.

Doenças Agudas

São as mais comuns, como a febre, catarros, suores, diarreias, hemorragias, que ocorrem com maior ou menor agressividade, como resposta à toxidade humoral, para provocar uma purificação do organismo e auto cura.

Doenças crónicas 

São mais estritas, menos violentas  e às vezes silenciosas, com intermitência de crises e repouso aparente. Todas as doenças são sinal de defesa e manifestam-se a nível externo ou ao nível dos órgãos ocos, como estômago, (ex: úlcera).

Os estudos Naturopáticos biológicos, morfológicos e psicológicos, estão orientados segundo as doutrinas humoristas e vitalistas. A repressão da doença destrói a força vital, assim como a medicação orientada para o sintoma, uma vez que não é solicitada a desintoxicação através dos emunctórios, ou seja, intestinos, rins, pele, fígado e pulmões, única forma de purificação dos humores.

Terapêutica

A doutrina Naturopática preconiza as manobras de drenagem, cujos princípios de auto cura devem reger-se pela seguinte ordem:

  • Desintoxicação (limpeza humoral por solicitação dos emunctórios)
  • Repouso (eliminação de tensões físicas e psíquicas)
  • Eliminação da fonte tóxica (alimentação incorreta e desnaturada)

 

⌈ Juvenal Silva, Naturopata
Cédula Profissional 0300193 – ACSS ⌋

(0)